11 de fev de 2013

Seollal, o Ano Novo Lunar Coreano

                                                                 Seollal (설날) – Foto: Korean Tourism Organization (KTO)

Os coreanos celebram o Ano Novo duas vezes ao ano, uma vez na contagem-regressiva do dia 31 de dezembro e a outra no feriado do Ano Novo Lunar. Neste ano, o Seollal (설날), Ano Novo Lunar Coreano, será comemorado no dia 10 de fevereiro (domingo). O dia anterior e o dia posterior ao Seollal também fazem parte da celebração, portanto neste ano o feriado começa neste sábado, dia 9, e vai até segunda-feira, dia 11. Junto com o Chuseok, o Ano Novo Lunar é o feriado mais importante da Coreia do Sul.


No dia anterior ao Seollal, as famílias se reúnem para aprontar o banquete do próximo dia. É uma tarefa levada bastante a sério, principalmente nos lares que realizam os ritos ancestrais. Os pratos a serem ofertados precisam ser preparados com cuidado, para serem bonitos e saborosos. Preparar tudo pode custar literalmente um dia inteiro de trabalho. Como essa tarefa geralmente recai sobre as mulheres da família, que cozinham o dia todo na véspera do Seollal, surgiu a chamada “síndrome do feriado”, em que mulheres apresentam sintomas como dores-de-cabeça, dores nas costas e outras dores associadas ao período festivo.
Atualmente a ideia de que os feriados devem ser mais concentrados na família e menos estressante para mulheres. Por isso, muitas dividem tarefas para a preparação dos quitutes e pedem para que cada membro leve um prato para compartilhar. Ligadas na tendência de economizar tempo, algumas lojas oferecem diversos serviços culinários para os seus consumidores. Trata-se de uma alternativa para quem pode arcar com os custos e ainda manter os costumes das festividades.

                    
                                                                      Charye (차례)

Na manhã do dia do Seollal,  nas casas que mantém vivas as tradições antigas, os familiares se reúnem para executar um ritual ancestral chamado Charye (차례), a maior das tradições da celebração. Os familiares, vestidos em Hanbok, se reúnem em frente à mesa de ritual e distribuem utensílos e alimentos de acordo com as leis dos rituais ancestrais. Em seguida, o ritual começa com a família se curvando para homenagear os espíritos ancestrais e continua com ofertas e orações. Em seguida, todos comem os pratos do ritual.
Famílias cristãs geralmente não praticam os rituais ancestrais porém ainda se reúnem para refeições e compartilhar histórias.

                               

                                                                      떡국 (Ddeokguk)

A Ddeokguk (떡국, sopa de bolo de arroz), é o prato principal do Seollal. A tradição coreana diz que se alimentar de uma grande tigela desta sopa no Ano Novo Lunar traz sorte. Também existe a crença de que comer ddeokguk nessa ocasião pode prolongar a vida.

                                
                                                                               세배 (Sebae)

Depois do charye, as novas gerações cumprimentam os mais velhos, curvando-se diante deles. Este chama-se Sebae (세배). Confira um vídeo que ensina homens e mulheres a praticar o sebae corretamente:


Charye (차례)

Em retorno, os mais velhos dão suas bençãos. Aos mais novos da família, eles dão sebaedon (세뱃돈, dinheiro de ano novo).
Durante o Seollal, além de compartilhar histórias, os familiares ficam reunidos para jogos tradicionais, como o Yut (윷, jogo de tabuleiro onde no lugar de dados são jogadas varetas), Yeonnalligi (연날리기, pipas) e Tuho (투호, atirar varetas em um barril). Esses jogos podem ser feitos em vilas tradicionais ou parques de diversões.

                               
                                                                                  Yut (윷)

Os estrangeiros que visitam ou vivem na Coreia do Sul podem experimentar a cultura e os costumes do Seollal em eventos especiais realizados nos museus nacionais e palácios reais.

   
                                                                   Nongak Tradicional | (National Folk Museum of Korea)



Fontes: Korea Tourism Organization | Korea.net | VisitKorea SarangInGayo | DoçurasAsiaticas



Créditos: Doçuras Asiáticas Tradução+Revisão+Adaptação= Lelly JaeJoong

Nenhum comentário:

Curta Nossa FãPage